segunda-feira, 29 de junho de 2009

Pensamento Egoísta


Quando pensamos em Egoísmo, lembramos imediatamente de uma pessoa que pensa somente nos seus próprios interesses, em conseguir sempre aquilo que é melhor para ela. O pensamento egoísta também é isto, mas não SÓ isto.
O egoísmo realmente passa pelo entendimento de que o nosso pensamento esta voltado para nós mesmos. O problema é que somente identificamos esse jeito de comportar-se no que diz respeito as coisas materiais, a posse de alguma coisa.
Chamamos alguém de egoísta quando ela não consegue dividir nada ou somente pensa nas suas próprias vontades. Por exemplo: “Você tem que se comportar desse jeito que EU estou falando”, “Você não faz nada do jeito que EU falo”, “Nas minhas coisas ninguém mexe”, “Não suporto ter que emprestar nada”.
O egoísmo passa por um conceito em psicologia que é o EGOCENTRISMO.
O Egocentrismo é o jeito de pensar sempre voltado a SI MESMO. Apresentamos a tendência de pensar que as nossas opiniões, os nossos gostos, as nossas escolhas são sempre as melhores – não só para nós mesmos mas para aqueles que estão a nossa volta.
Viver com atitudes egocêntricas nos causa dor, doenças, irritabilidade pois, sempre queremos as coisas do NOSSO jeito. Esquecemos de pensar que as outras pessoas podem querer coisas diferentes, desejar e buscar uma vida diferente daquilo que você acha bom, bonito ou certo.
Devemos aprender a RESPEITAR as vontades e escolhas dos outros. Nem sempre o nosso jeito de pensar é o correto. Muitas vezes o que EU acho que é bom para mim, não é bom para o outro.
Cada um tem a sua personalidade e tem o direito de escolher o que é melhor para ela (e assumir as consequências disso). Isso não significa sair por ai fazendo tudo o que tem vontade pois existem limites e consequências para tudo. Deve-se escutar a opinião de outras pessoas em que confia e chegar as suas próprias conclusões.
É importante saber analisar cada atitude, cada escolha, com o que irá ganhar e perder com aquilo. Toda escolha tem sua consequência e não devemos supor que o outro deve fazer as mesmas escolhas que nós.
A grande questão é aprendermos a nos respeitar, não ultrapassar os nossos limites, não nos maltratar. Assim como respeitar as escolhas do outro e lembrar que julgar uma pessoa é muito complicado pois todos temos qualidades e defeitos, diferentes uns dos outros.
Nem sempre pensamos iguais, mas isto não significa necessariamente que o outro pense errado. E para cada vez mais não sofremos com estas atitudes egocêntricas é nos conscientizar que: NEM TUDO É, OU DEVE SER, DO JEITO QUE QUEREMOS E ACHAMOS QUE É O MELHOR.

Um comentário:

  1. Muito bom, o dominio no que sou, penso e respeito as diferencas.O significado no querer, dver ser no limite e escolhas com consequencias proprias.

    ResponderExcluir